Internacional
24 Setembro de 2022 | 11h08

Turquia mata sete alegados membros do PKK em operação no norte do Iraque

O Governo da Turquia anunciou hoje a morte de sete alegados membros do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), numa operação das suas Forças Armadas no norte do Iraque.

A informação foi confirmada pelo Ministério da Defesa da Turquia, segundo o qual Ancara atuou em resposta à morte de um elemento do Exército.

Mais tarde, a agência de notícias turca Anatolia precisou que o tenente de infantaria Serkan Erkus morreu na sexta-feira, na sequência de confrontos entre as Forças Armadas e o PKK.

"Não deixamos o sangue do nosso mártir no chão. Não o faremos! Sete terroristas do PKK detetados no norte do Iraque foram neutralizados pelas nossas Forças Armadas turcas", sublinhou o gabinete da Defesa.

O Exército turco intensificou as operações contra o PKK -- que considera um grupo terrorista -, tanto no sudeste do país como no norte do Iraque, ambos de maioria curda, desde que foi quebrado o cessar fogo entre o Governo e o grupo armado, em julho de 2015.

Fonte: NM