Ciência
24 Novembro de 2022 | 15h55

OMS vai atualizar lista de doenças mais perigosas do mundo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou na segunda-feira (21) a abertura de um processo científico global destinado a actualizar a sua lista de patógenos prioritários, ou seja, todos os organismos capazes de dar início a surtos ou pandemias. O objetivo é orientar os investimentos globais em pesquisa e desenvolvimento (P&D), principalmente em tratamentos preventivos, como vacinas e testes de detecção.

A ação começou oficialmente na sexta-feira (18), com a designação de mais de 300 cientistas em todo mundo, que terão a missão de considerar evidências de mais de 25 famílias de vírus e bactérias. Na futura lista, estará presente a chamada "Doença X”, um patógeno até agora desconhecido que tem potencial para causar uma grande epidemia internacional.

De acordo com o director executivo do Programa de Emergência de Saúde da OMS, dr. Michael Ryan, "sem investimentos significativos em P&D antes da pandemia da covid-19, não teria sido possível desenvolver vacinas seguras e eficazes em tempo recorde”.

Fonte: Shutterstock/Reprodução

Quais as principais doenças incluídas na lista de patógenos da OMS?

A primeira lista de patógenos prioritários organizada pela OMS foi publicada em 2017, com o exercício de priorização realizado em 2018.

A atual lista inclui, além da covid-19, as febres hemorrágicas Crimeia-Congo e do vírus Marburg, a doença pelo vírus Ebola, a febre de Lassa, a síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS), a síndrome respiratória aguda grave (SARS), os vírus Nipah e Langya henipavirus, febre do Vale do Rift, zika e a doença X.

Para a cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan, "Esta lista de patógenos prioritários tornou-se um ponto de referência para a comunidade de pesquisa sobre onde concentrar energias para gerenciar a próxima ameaça”.

Fonte: TecMundo