Internacional
26 Maio de 2022 | 16h10

Mulher é expulsa de avião e perde lua de mel em Portugal devido a erro

Shanice tinha menos de três meses até o passaporte caducar.

Uma mulher britânica, recém casada, que iria passar a lua de mel em Portugal foi impedida de viajar pela companhia aérea EasyJet devido a um erro.

Segundo o jornal The Sun, Shanice Budd-Smith, de 29 anos, não pôde embarcar porque o seu passaporte iria caducar em menos de três meses.

O casal, ambos funcionários dos correios da empresa Royal Mail, acabou por ficar no Reino Unido e perder a viagem após o casamento.

"Estava tão ansiosa com a lua de mel e agora está arruinada", lamentou Shanice que se casou com Cameron, de 27 anos, num hotel com vista para o mar em Hayling Island, Inglaterra, dois dias antes da data da viagem.

Shanice relatou que se sentiu como "uma criminosa" após ter-lhe sito dito pelo oficial de passaportes da EasyJet que o seu documento era inválido e, caso viajasse para Portugal, seria deportada.

Fonte: NM