COVID-19
21 Julho de 2021 | 19h22

Moçambique regista novo recorde de 32 mortes e mais 1.704 infetados

Moçambique registou mais 32 mortes associadas à covid-19, o maior número diário de óbitos já registado, e 1.704 casos de infeção pelo novo coronavírus, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

Os óbitos ocorreram em pessoas com idades entre 10 e 99 anos, todas de nacionalidade moçambicana. As mortes foram declaradas entre segunda-feira e hoje, indicou o ministério, no boletim diário de atualização de dados sobre a pandemia.

Moçambique eleva o total acumulado de óbitos para 1.190 e o de casos para 103.713, 77% dos quais recuperados.

De acordo com as autoridades de Saúde, o país tem 22.461 casos ativos do novo coronavírus SARS-CoV-2, dos quais 494 estão internados.

Um total de 682.145 casos suspeitos foram testados em Moçambique, dos quais 4.960 nas últimas 24 horas.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.119.920 mortos em todo o mundo, entre mais de 191,3 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Fonte: NM