Cultura
23 Outubro de 2021 | 10h03

LANÇADA OBRAS SOBRE VIVÊNCIAS E ENSINAMENTOS DE ANTÓNIO AGOSTINHO NETO

Três obras literárias que relatam testemunhos, ensinamentos e vivências sobre Agostinho Neto, da escritora Maria Eugénia Neto, foram lançadas esta sexta-feira, em Luanda, no âmbito das comemorações do centenário do primeiro presidente de Angola, a acontecer a 17 de Setembro de 2022.

Os livros intitulados "Em cabo verde nasceu um menino chamava-se Agostinho Neto"," Fica aí dentro do quarto soldado sou eu" e "Ninguém impediria a chuva", apresentam vários momentos de Agostinho Neto e a sua esposa Maria Eugénia Neto. 

Segundo Maria Eugénia Neto, as obras surgem da necessidade de se conhecer mais intimamente Agostinho Neto, para que se compreenda o político, o médico, o ambientalista e o poeta.

Para a estudante da Universidade Agostinho Neto, Edmira Manuel, que fez a apresentação das referidas obras literárias, os livros constituiem  um conjunto de narrativas que destacam o activismo, respeito a vida humana, bem como a importância que representa Agostinho Neto para a nova geração.

"Nestas obras a escritora ressalta algumas experiências e dificuldades vividas, fazendo um esclarecimento de qual seria a melhor forma de abordar Agostinho Neto", referiu.

Edmira Manuel explicou que a obra "Em Cabo Verde Nasceu um Menino Chamava-se Agostinho Neto", retrata o trabalho do primeiro presidente de Angola enquanto médico, destacando um trabalho de parto realizado em que o menino acabou por levar o nome do fundador da nação angolana.

A obra "Ninguém impediria a chuva", demonstra a firmeza de "Manguxi”, perante os factos da época e as realizações que pretendia para o futuro.

Já o livro " Fica aí dentro do quarto soldado sou eu", mostra Agostinho Neto como exemplo para os seus liderados.
Maria Eugénia Neto nasceu em Trás-os-Montes (Portugal) aos 8 de Março de 1934 e já publicou o livro "E nas Florestas os Bichos Falaram" (prémio de honra na Comissão Cultural da ex-República Democrática Alemã, para a UNESCO, 1977-Leipzig). 

A autora escreveu também "Foi Esperança e Certeza”, 1979, "A Formação de Uma Estrela e Outras Histórias na Terra” (1979), "O Vaticínio da Kianda na Piroga do Tempo" (1985) e "A Menina Eu flores/Planeta da Estrela(1988).
"Este é o Canto" (1989), "As Nossas Mãos Constroem a Liberdade", "A Lenda das Asas e da Menina Mestiça-Flor", "As aventuras de Amor/Flor em África", "A Montanha do Sol" e "O Soar dos Quissanges"(2000) são outros livros publicados por Maria Eugenia Neto. 

Fonte: ANGOP