Educação
03 Fevereiro de 2022 | 14h54

Gestão de escolas públicas do Sequele passa para a CEAST

A permanência da educação religiosa e a elevação dos valores morais e cívicos são um dos principais factores para a eleição da igreja Católica na gestão das escolas públicas da Centralidade do Sequele, disse hoje, quinta-feira, em Luanda, o delegado da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) para as escolas da localidade, Correia Hilário.

Trata-se das escolas Inácio Tambu (4.073), do segundo ciclo do ensino secundário Rafael (4.078) e do ensino primário padre Ernesto Rafael (4.089).

O delegado, que falava na apresentação dos novos directores das escolas públicas do Sequele, frisou que o Estado confiou as escolas a igreja Católica, através da diocese de Caxito, porque   acredita na educação e na qualidade do ensino que a igreja impõe.

Na cerimónia de empossamento, os novos directores prometeram dar continuidade dos trabalhos dos directores cessantes e contribuir para o crescimento do ensino religioso nas escolas.

Jornal de Angola - Notícias - Matrículas geram polémica na centralidade do  Sequele

A representante da direcção de educação do município de Cacuaco, Rosa Vunda sublinhou que os novos directores poderão contar com o apoio da delegação da educação do município.

"Estamos aqui para caminhar juntos para a melhoria da qualidade do ensino no nosso município, sublinhou.

A CEAST, que é a assembleia dos bispos católicos de Angola e São Tomé e Príncipe, tem a sua sede em Luanda.

Escola Padre Ernesto Rafael © Fotografia por: Divulgação (arquivo digital)

Fonte: ANGOP