Tecnologia
18 Maio de 2022 | 21h19

Filial russa da Google declara falência

O anúncio é feito na sequência de um arresto feito pelas autoridades russas, que, segundo um porta-voz, confiscaram o acesso à conta bancária da empresa no país.

Um porta-voz da Google anunciou, esta quarta-feira, que a filial da Rússia vai declarar falência. Esta decisão surge depois de as autoridades russas terem confiscado as contas bancárias da gigante tecnológica, segundo avança a Reuters.

"O arresto da conta bancária russa da Google por parte das autoridades fez com que se tornasse impossível que os nossos escritórios continuassem em funcionamento", explicou o responsável. A mesma fonte acrescentou que se tornou também impossível "pagar aos trabalhadores que estão na Rússia, pagar a fornecedores e também cumprir com outras obrigações financeiras".

A empresa não confirmou se houve outros arrestos ou se o constrangimento no acesso à conta bancária foi o único motivo que levou a subsidiária a avançar com o pedido de falência.

Uma estação televisiva que é propriedade de um oligarca russo tinha noticiado, em abril, que os oficiais de justiçam tinha confiscado um milhão de rublos, cerca de 14 mil euros, à empresa.

Assinala-se, esta quarta-feira, o 84.º dia da invasão russa da Ucrânia. Segundo os mais recentes dados confirmados pela Organização das Nações Unidas (ONU), que alerta que o número real pode ser muito superior, 3.752 civis morreram e outros 4.062 ficaram feridos desde o início da invasão.

Fonte: NM