Sociedade
17 Agosto de 2023 | 15h54

Ministro destaca profissionalismo de jornalistas angolanos

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Mário Oliveira, saudou, esta quinta-feira, os jornalistas angolanos vencedores do Prémio SADC de Jornalismo2023, e considerou ser um motivo inspirador para todos os profissionais do sector.

O país venceu a categoria de Imprensa, com os jornalistas da Agência Angola Press (ANGOP) Francisca Augusto e Venceslau Mateus, autores da reportagem "Benguela alavanca economia com infra-estruturas do Corredor do Lobito", que obteve 74,13 pontos, dos 100 possíveis.

O jornalista Luís Mamana, da Rádio Nacional de Angola (RNA), conquistou a categoria de Rádio com a reportagem "Património mundial de Mbanza-Congo orgulha os povos da África Austral", com 74,46 pontos, dos 100 possíveis

Já o profissional Ernesto Bartolomeu, da Televisão Pública de Angola (TPA), foi distinguido com a reportagem "Canal do Cafu: Combate à seca no sul de Angola”, que obteve a média de 71,71 pontos, dos 100 possíveis.

Segundo o ministro, a conquista das categorias de Imprensa, Rádio e Televisão é um testemunho vivo da contribuição dos profissionais angolanos na evolução da mídia do país e da região austral, assente numa comunicação transversal, construtiva, inclusiva e participativa.

"É bom testemunhar que as suas reportagens destacaram-se, não apenas a nível nacional, mas também no contexto da África Austral, demonstrando profissionalismo, dedicação e compromisso para com a comunicação de qualidade, ajudando a moldar a consciência pública e a influenciar positivamente a Nação angolana e a região SADC”, disse. 

Mário Oliveira exortou a todos os jornalistas angolanos a continuarem a participar no Prémio SADC de Jornalismo,  contando histórias, informando e educando o público, nas quatro categorias regulamentares e em diferentes géneros.

"Que este êxito exuberante continue a inspirar os jornalistas angolanos a criar, inovar e a emocionar as mentes e os corações de todos que os lêem, ouvem e assistem”, declarou o titular das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social em Angola.

O Prémio SADC de Jornalismo foi instituído em 1996, para coroar os melhores trabalhos jornalísticos e divulgar uma informação real sobre o processo de cooperação e de integração regional, enraizada em valores e princípios comuns. VM

Ministro das telecomunicações tecnologia de Informação e comunicação Social, Mario Oliveira © Fotografia por: António Escrivão - ANGOP

Fonte: Angop