Economia
04 Agosto de 2022 | 12h14

Quota de Angola na OPEP passa para 1 529 mil barris/dia em Setembro

A quota de produção de Angola na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) passa para 1 529 000 barris de petróleo/dia, a partir de Setembro, depois da oferta de mais 100 mil barris/dia, pelo Cartel.

O acordo  de aumentar a produção de petróleo em 100 mil barris/dia, a partir de Setembro,  foi tomado na  31ª Reunião Ministerial da OPEP e aliados (OPEP+) realizada essa quarta-feira, a partir de Viena, Áustria. 

Trata-se de um ritmo inferior ao que tinha sido decidido pela OPEP+ para os meses de Julho e Agosto, deste ano, período que foi acordado uma oferta  de 600 mil barris de petróleo/dia. 

Assim, com este acordo para  Setembro, Angola passa para  1 529  000  barris/dia  na tabela aprovada pelo Cartel, a que ANGOP teve acesso. Na mesma tabela, a Nigeria, aparece com 1 830 000 barris/dia. 

Para este mês de Agosto, a quota de produção de Angola na OPEP é de  1 502 000 barris/dia de crude. 

Nesta 31ª Reunião Ministerial da OPEP e não-OPEP, os membros, com base nos fundamentos actuais do mercado de petróleo e o consenso sobre suas perspectivas, reafirmaram  a decisão saída da 10ª Reunião Ministerial realizada a  12 de Abril de 2020, incluindo a da 19ª Reunião Ministerial da OPEP e não-OPEP de  18 de Julho de 2021.

Os membros  reiteram  a importância crítica de aderir à plena conformidade e ao mecanismo de compensação. 

Estes planos de compensação serão feitos de acordo  com a declaração da 15ª Reunião Ministerial da OPEP+.

A  32ª Reunião Ministerial da OPEP e não-OPEP vai decorrer no dia em 5 de Setembro deste ano.