Internacional
02 Junho de 2022 | 15h14

Lula critica Biden. "Nunca fez discurso para doar um dólar a África"

Lula da Silva criticou o presidente norte-americano, Joe Biden, por doar dinheiro à Ucrânia sem nunca ter feito um discurso para "doar um dólar para quem está a morrer de fome na África".

O ex-presidente do Brasil e pré-candidato à presidência nas eleições de outubro, Luiz Inácio Lula da Silva, criticou na quarta-feira o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pela ajuda monetária à Ucrânia.

"Não é possível que o presidente [Joe] Biden, que nunca fez um discurso para doar um dólar para quem está a morrer de fome na África, anunciar 40 mil milhões para ajudar a Ucrânia a comprar armas. Não é possível”, afirmou num discurso na cidade de Porto Alegre, citado pela CNN Brasil.

Esta não é a primeira vez que Lula da Silva se refere à invasão russa da Ucrânia. No mês passado, acusou o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, de ser "tão responsável” pela guerra quanto o presidente russo, Vladimir Putin, que ordenou a ofensiva militar.

"E agora, às vezes fico a ver o presidente da Ucrânia na televisão como se estivesse a festejar, sendo aplaudido em pé por todos os parlamentos, sabe? É tão responsável quanto o Putin. É tão responsável quanto o Putin. Porque numa guerra não existe apenas um culpado”, afirmou. E acrescentou: "Fica a achar-se o rei da cocada".

Assinala-se, esta quinta-feira, o 99.º dia da ofensiva militar russa na Ucrânia. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), que alerta que o número real pode ser muito maior, mais de quatro mil civis morreram no conflito.

Fonte: NM