Internacional
31 Maio de 2022 | 15h55

Número de casos de Monkeypox confirmados sobe para 100 em Portugal

Foram confirmados mais quatro casos no país. DGS assegura que continua "a acompanhar a situação a nível nacional em articulação com as instituições europeias".

A Direção-Geral da Saúde (DGS) confirmou, esta terça-feira, mais quatro casos de infecção humana pelo vírus Monkeypox em Portugal, elevando o total para 100. "A maioria das infecções foram notificadas, até à data, em Lisboa e Vale do Tejo, mas também há registo de casos nas regiões Norte e Algarve", informam em comunicado.

Segundo a DGS, "todas as infecções confirmadas são em homens entre os 20 e os 61 anos, tendo a maioria menos de 40 anos".

Os casos identificados "mantêm-se em acompanhamento clínico, encontrando-se estáveis", referem ainda, acrescentando que a informação recolhida através dos inquéritos epidemiológicos "está a ser analisada para contribuir para a avaliação do surto a nível nacional e internacional".

É de realçar que os novos casos têm sido confirmados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA). 

Recorde-se que a autoridade de Saúde aconselha os "indivíduos que apresentem erupção cutânea, lesões ulcerativas, gânglios palpáveis, eventualmente acompanhados de febre, arrepios, dores de cabeça, dores musculares e cansaço", a procurar aconselhamento clínico. Ao dirigirem-se a uma unidade de saúde, deverão "cobrir as lesões cutâneas".

Perante sintomas suspeitos, os doentes abster-se de contacto físico directo com outras pessoas e de partilhar "vestuário, toalhas, lençóis e objectos pessoais enquanto estiverem presentes as lesões cutâneas, em qualquer estádio, ou outros sintomas".

 

Fonte: NM