Internacional
30 Maio de 2022 | 08h35

Número de mortos continua a aumentar após chuvas fortes no Brasil

As chuvadas fortes e torrenciais no nordeste do Brasil provocaram, até agora, pelo menos 84 mortos e mais de 50 de desaparecidos, segundo anunciou o ministério da Defesa no domingo.

Há ainda quase 4 mil pessoas desalojadas, principalmente na zona do Grande Recife e no território rural da Mata Norte.

Segundo o G1, que cita o governador do estado do Pernambuco, catorze municípios decretaram situação de emergência: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São José da Coroa Grande, Moreno, Nazaré, Macaparana, Cabo de Santo Agostinho, São Vicente Ferrer, Paudalho, Paulista, Goiana, Timbauba e Camaragibe.

Foi declarada situação de emergência e o governador anunciou ainda uma ajuda de 100 milhões de reais (quase 20 mil euros) para os municípios afetados, com o objetivo de ser utilizado para trabalho de busca e salvamento, obras urgentes e de infraestrutura. Deverá estar disponível esta semana.

As chuvas castigam o estado desde a segunda-feira, 23 de maio, e a primeira morte foi registada na passada quarta-feira. As buscas foram retomadas no domingo pelos Bombeiros, Exército e moradores da região.

Fonte: NM