Cultura
23 Maio de 2022 | 08h51

Top dos Mais Queridos homenageia centenário

O centenário de Agostinho Neto é o foco da edição deste ano do Top dos Mais Queridos, cuja gala acontece dia 7 de Outubro, em formato especial, num espectáculo que vai reunir um conjunto de modalidades artísticas, como a música, dança, teatro e a poesia.

O concurso, que celebra 40 anos desde a sua criação, pela Rádio Nacional de Angola (RNA), não vai ter, nesta edição, concorrentes e nem votos do público.  O director artístico do Top, José Ndalo, disse que o espectáculo foi pensado para reviver a obra de Agostinho Neto, "cujos textos inspiram, até hoje, composições e canções, de artistas cantores angolanos e estrangeiros”.

A intenção, destacou, é permitir que o legado de Agostinho Neto continue a ser transmitido às novas gerações de intérpretes, pesquisadores, estudantes e académicos. A comissão organizativa, referiu, perspectiva a realização de um espectáculo à dimensão da obra de Agostinho Neto, num concurso que este ano é dividido em três partes.

A realização do Top, explicou, constitui um dos grandes desafios desta edição para o Presidente do Conselho de Administração da RNA, Pedro Cabral, por se juntar às comemorações do centenário de Agostinho Neto, a assinalar-se a 17 de Setembro deste ano..

Consciente das responsabilidades, continuou, a organização do Top está a criar todas as condições para a realização, com sucesso, de uma festa à dimensão da figura do homenageado.

O Top dos Mais Queridos é uma iniciativa cultural da RNA, criada para distinguir os cantores, individuais ou bandas, mais ouvidos do canal, pelo voto do público. O vencedor da última edição, realizada em 2021, foi o grupo Os Picantes, do Huambo, com a música "Crise no Lar”. Pela vitória, o grupo recebeu o prémio de três milhões de kwanzas.

Fonte: JA