Política
16 Maio de 2022 | 09h51

OMA apoia vendedoras ambulantes no Bengo

Um grupo de 50 mulheres, que se dedica à venda ambulante nos municípios da província do Bengo, beneficiou, em Caxito, de apoios da Organização da Mulher Angolana (OMA), para potenciar o negócio e aumentar a renda familiar.

Durante a realização do I Fórum Provincial da Mulher Zungueira, cada recebeu 10 mil kwanzas, além de bens diversos, para iniciar ou reforçar a actividade comercial. O valor deve ser reembolsado num período de três meses.

Ao intervir no fórum, a primeira-secretária do MPLA no Bengo, Mara Quiosa, disse que o acto visa promover mecanismos para o empoderamento da mulher, contribuindo para a sua valorização na sociedade. "Pretende-se, com este projecto, contribuir para o fomento do auto-emprego e melhorar as condições de vida de muitas famílias", afirmou Mara Quiosa. A primeira-secretária acrescentou que a realização do fórum constitui uma prova de reconhecimento do empoderamento e conquistas alcançadas pelas mulheres, em particular as zungueiras, por tudo o que fazem e, decerto, continuarão a fazer pelas famílias e pelo o país.

"Muitas de vocês são mãe e pai das vossas famílias. Apesar das dificuldades que enfrentam, algumas provocadas pela pandemia da Covid-19, conseguem, com resiliência, gerir os negócios e cuidar das vossas famílias", realçou.

Mara Quiosa agradeceu o presidente do MPLA João Lourenço, por todo apoio que tem dado a mulher angolana, sobretudo por acreditar na força e resiliência da classe feminina, permitindo que ocupem vários lugares de destaque na sociedade. O I Fórum Provincial da Mulher Zungueira decorreu, na quinta-feira, sob o lema "Mamã zungueira levanta".  

Fonte: JA