Economia
28 Março de 2022 | 14h09

Huíla recebe mais pintos para fomento

A província da Huíla recebeu mais 150 mil pintos destinados a cooperativa de avicultores, com vista a estimular o programa de fomento da produção avícola local e assegurar a disponibilidade de ovo no mercado.

Trata-se da quarta dotação que a província recebe, sendo que as três anteriores atingiram 120 mil unidades.

O novo lote está a ser entregue a 320 avicultores dos municípios do Lubango, Humpata Chibia, Cacula e Chicomba.

Em declarações à ANGOP, o presidente da cooperativa de avicultores da Huíla, Miguel Calandula, fez saber que a entrega das aves iniciada na semana transacta será concluída no decurso desta.

Segundo a fonte, esse apoio do ministério da Agricultura está a potenciar os pequenos e médios produtores e ajudar a equilibrar o preço do ovo, cujo cartão de 30 unidades passou de quatro mil e 500 Kwanzas em Dezembro de 2021, para dois mil e 500 actualmente.

Avançou que é uma estratégia que está igualmente o fomento do auto-emprego, sobretudo na juventude, já que os beneficiários têm agora o compromisso de reproduzir e dentro de seis meses repassar dez pintos a cada aspirante a avicultura.

A cooperativa existe há quatro anos e está em seis dos 14 municípios que compõem a província da Huíla (Humpata, Chibia, Quilengues, Cacula, Caluquembe  e Lubango). Estão distribuídos em cinco aviários de grande e 30 de pequena dimensão.


Criação de pintos na fazenda Vinevala © Fotografia por: Bartolomeu António (Angop)

Fonte: ANGOP