COVID-19
01 Março de 2022 | 09h45

Luanda tem 76,6% da população elegível vacinada

Luanda tem uma cobertura de vacinação de 76,8 por cento, sendo que a nível do país já foram vacinadas 53,4 por cento da população legível, revelou, segunda-feira (28), em Luanda, o secretário de Estado da Saúde Pública.

Franco Mufinda, que falava durante a actualização da situação epidemiológica no país, disse que, depois de Luanda, seguem-se as províncias do Cuanza-Norte, Namibe e Bengo, com 73,4%, 71,7% e 64,8% da popu-lação elegível vacinada, respectivamente.

O governante realçou que as modalidades de duas ou dose única voltam a ser lideradas por Luanda, com a cobertura de 46,3 por cento; seguindo Namibe, com 38 por cento; Cuanza-Norte, 34 por cento; e Cabinda com igual percentagem.

Segundo Franco Mufinda, segunda-feira e hoje, por serem feriados nacionais, não há atendimento nos postos de vacinação.

Desde o dia 2 de Março de 2021, até ontem, o acumulativo de vacinação no país aponta para 16.522.261 doses administradas, sendo 5.560.492 doses completas, nas modalidades de duas ou dose única.

Em comparação com a semana passada, houve um aumento de 336.422 doses, com uma média diária de 48.060 doses.

Em relação ao grupo de adolescentes que vão dos 12 aos 17 anos, já foram utilizadas 2.513.533 doses, sendo 466.273 doses completas. Neste grupo já se fez o reforço (ou a terceira) dose a 363 jovens. "Cada dia, tem-se registado maior adesão desta faixa etária”, sublinhou o secretário de Estado.

Apesar do abrandamento de algumas medidas que passam a vigorar a partir de hoje, Franco Mufinda disse ser importante que as pessoas reforcem a protecção individual e colectiva, que passa pela higienização das mãos, adesão à vacinação e o uso da máscara facial nos locais públicos.

 

Nove casos positivos

Angola registou, nas últimas 24 horas, nove casos positivos e a recuperação de quatro pessoas da Covid-19.

De acordo com os dados apresentados, ontem, pelo secretário de Estado para a SaúdePública, dos nove casos positivos, sete foram registados em Luanda, enquanto as províncias da Huíla e Zaire reportaram, cada, uma infecção.

Os cidadãos infectados têm idades compreendidas entre 19 e 45 anos, sendo cinco do sexo masculino e quatro do feminino.

Franco Mufinda informou que, dos quatro pacientes recuperados, três são residentes em Luanda e uma na província de Benguela. Os recuperados têm idades compreendidas entre 4 e 64 anos.

Nas últimas 24 horas, foram processadas 1.547 amostras por exames de RT-PCR, com a taxa diária de positividade de 0,6 por cento, elevando para um total de 1.428.954 amostras realizadas, desde o início da pandemia, com uma taxa de positividade de 6,9 por cento.

Com estes dados, o quadro epidemiológico da pandemia no país subiu para 98.741 casos positivos, dos quais 96.680 recuperados, com uma taxa de recuperação de 97,9 por cento. Do total de casos, 1.900 resultaram em mortes, sendo que a taxa de letalidade continua a ser de 1,9 por cento. Os casos activos são 161, mas nenhum está em estado crítico ou grave. Há um caso moderado, dois leves e 157 assintomáticos.

Em internamento nas unidades sanitárias do país estão quatro pacientes, dez pessoas estão a ser acompanhadas em quarentena institucional e sob vigilância epidemiológica encontram-se 157.

Franco Mufinda fez uma comparação entre as semanas de 14 a 20 de Fevereiro e de 21 a 28 de Fevereiro, realçando que houve uma redução de 34 por cento na última semana.

Em termos de recuperação, houve uma redução de 47,9 por cento. Em relação aos óbitos, apenas foi registado um.

Desde Janeiro de 2021 até à data, foram atendidos 226.475 passageiros que fizeram a testagem obrigatória no Aeroporto 4 de Fevereiro. Das 5.068 pessoas que chegaram ao país, na semana passada, nove testaram positivo. O total acumulativo aponta para 593 casos positivos.

Fonte: JA