Ciência
11 Outubro de 2021 | 08h38

Pfizer/BioNtech, a Moderna ou a AstraZeneca são vacinas mais eficazes para maiores de 50 anos

Um novo estudo desenvolvido por investigadores franceses, divulgado esta segunda-feira, demonstra que a vacina produziu uma resposta imunológica robusta contra a variante Delta em adultos na faixa etária dos 50 aos 72 anos, diminuindo as hospitalizações e mortes por Covid-19.

O estudo da Epi-Phare centrou-se na análise de dados recolhidos entre dezembro de 2020 e julho de 2021, referentes a cidadãos franceses com mais de 50 anos e vacinados com a Pfizer/BioNtech, a Moderna ou a AstraZeneca. No entanto, os investigadores recordam que a variante Delta só se tornou dominante no país em julho deste ano. 

Tal como explica o estudo, os participantes entre os 50 e os 75 anos com a vacinação completa desenvolveram 92% mais anticorpos eficazes contra a variante Delta, detetada pela primeira vez na Índia.

A vacinação também revelou eficácia em 84% das pessoas acima dos 75 anos, após um período de cerca de 14 dias depois da última ou da única toma da vacina.