Tecnologia
11 Setembro de 2021 | 19h14

Entre flores e lágrimas, as imagens do 20.º aniversário do 11 de Setembro

A 11 de Setembro de 2001, dezanove militantes do grupo extremista da Al-Qaeda sequestraram quatro aviões comerciais com o objetivo de realizar ataques suicidas contra alvos nos Estados Unidos. Dois dos aviões foram lançados contra as Torres Gémeas do World Trade Center, na cidade de Nova Iorque, um terceiro avião embateu no Pentágono, nos arredores de Washington DC, e o quarto caiu num campo em Shanksville, na Pensilvânia.

Os ataques coordenados mataram quase três mil pessoas e feriram muitas outras, tornando-se o ataque terrorista mais mortal em solo americano. 

Como todos os anos desde então, nesta data seguem-se as homenagens às vítimas, por entre lágrimas e recordações.

A cerimónia que assinala em Nova Iorque o 20.º aniversário dos ataques começou, este sábado, com um minuto de silêncio no memorial de Manhattan, onde se localizavam as Torres Gémeas do World Trade Center. Entre a multidão de familiares das vítimas e de equipas de socorro, estiveram o presidente norte-americano, Joe Biden, bem como os seus antecessores, Barack Obama e Bill Clinton.

Foram ainda realizadas outras duas cerimónias - uma no Pentágono e outra perto de Shanksville, no estado da Pensilvânia.

Este aniversário, duas décadas depois do 11 de Setembro, acontece ao mesmo tempo que os Estados Unidos vivem ensombrados pela retirada das tropas do Afeganistão, agora liderado pelos talibãs.

Fonte: TECH