Educação
29 Julho de 2021 | 14h30

Estudantes pedem ponderação à medida de encerramento de cursos no ISCED

O anúncio de encerramento de cursos de Pedagogia, Filosofia e Psicologia a nível dos Institutos Superiores de Ciências da Educação (ISCED) do país está a preocupar estudantes dessa instituição, que consideram indispensáveis para a formação do homem novo.

Em declarações à ANGOP, hoje, quinta-feira, em reacção a directiva do Ministério do Ensino Superior, o estudante do 4º de Psicologia, Diamantino Zeferino, disse que o Executivo tomou uma decisão "precipitada”, porque os cursos em causa são  nucleares para o ensino, como é o caso da Filosofia que ajuda a afinar o pensamento.

Já o estudante do 4º ano de Filosofia, Tomás Tchonguela, sublinhou que as escolas hoje debatem-se ainda com problemas no domínio da Psicologia Educativa e são necessários esses saberes para pessoas que lidam com a educação.

Destacou que quem lida  com educação é o pedagogo e não havendo formação nessa área, questiona como ficará o ensino, pelo que defende ponderação na medida.

Uma outra estudante do 4º ano de  Pedagogia, Ana Euclides, defendeu  que para se ter uma sociedade que pensa, age e  vive em função do tempo deve-se manter  esses cursos  para  que  se possa desenvolver o homem em várias áreas do saber.

Por sua vez, o director-geral do ISCED da Huíla, José Luís Alexandre, tranquilizou os docentes e estudantes dos cursos em causa, pois há dois anos têm estado a discutir com o Ministério do Ensino Superior sobre a reorientação dos mesmos.

Admitiu que são áreas que já formaram muitos quadros e a maior parte está sem emprego e os cursos precisam ser reformulados para outras especialidades.

Segundo o director-geral do ISCED da Huíla, para o ano lectivo de 2021 já não haverá inscrições para os candidatos aos cursos em causa, mas os estudantes em frequência terão a conclusão do currículo garantida.

Disse que os cursos de Psicologia e Pedagogia serão descontinuados e substituídos já a partir do próximo ano académico por três novos que o ISCED-Huíla vai implementar, nomeadamente o Ensino Pré-escolar, Ensino Primário e Psicologia da Educação.

No entanto, as disciplinas de Psicologia e Pedagogia vão continuar a ser ministradas, não como especialidade, mas como cadeiras nos restantes cursos oferecidos na instituição.

Instituto Superior de Ciências da Educação da Huíla

Fonte: ANGOP