Internacional
29 Julho de 2021 | 09h16

Kelly Clarkson terá de pagar pensão de quase 200 mil dólares ao ex-marido

Kelly Clarkson terá sido condenada a pagar ao ex-marido, Brandon Blackstock, quase 200 mil dólares (mais de 160 mil euros).

A partir do dia 1 de abril de 2021, a cantora terá de pagar ao 'ex' 150 mil dólares (quase 130 mil euros) por mês em pensão de alimentos e um adicional de 45,601 mil dólares (cerca de 38 mil euros) para benefício dos dois filhos que têm em comum - River Rose, de sete anos, e Remington, de cinco -, de acordo com os documentos legais obtidos pelo The Blast. 

Mas as despesas não ficam por aqui e tem ainda de pagar os custos dos advogados de Blackstock durante o processo de divórcio, no valor de 1,25 milhão de dólares (cerca de um milhão de euros). 

Os documentos dizem também que a apresentadora e cantora ganha mais de 1,5 milhão de dólares (mais de um milhão de euros) por mês.

Recorde-se que Kelly Clarkson pediu o divórcio a Blackstock em junho de 2020, após sete anos de casamento. Na altura, a artista alegou que o 'ex' agiu de forma fraudulenta enquanto foi seu empresário, afirmações que Brandon negou desde então. 

A cantora recebeu a custódia dos filhos em novembro de 2020, mas o pai dos meninos tem o direito de visitá-los em casa de Clarkson ou de receber as crianças na sua propriedade. 

Fonte: NM