COVID-19
29 Julho de 2021 | 09h09

Pfizer baixa eficácia da sua vacina com apenas duas doses e insiste na necessidade de uma terceira

A Pfizer baixa eficácia da sua vacina com apenas duas doses e insiste na necessidade de uma terceira A Pfizer alertou que a sua vacina vai necessitar de uma terceira dose para reforçar a proteção contra a covid-19.

A farmacêutica norte-americana revelou que a eficácia das duas doses reduz-se a 84% entre os quatro e seis meses depois de ser injetada. A eficácia máxima é de 96,2% e é alcançada entre a primeira semana e os dois meses seguintes.

Por isso, e tendo em conta o surgimento da variante Delta, a Pfizer indicou que uma terceira dose produz níveis de anticorpos cinco vezes mais altos contra a variante Delta em pessoas entre os 18 e os 55 anos e onze vezes mais altos entre pessoas entre os 65 e os 85 anos.



Fonte: DN