Notícias
10 Julho de 2021 | 09h24

JUSTIÇA QUER MAIOR COLOBORAÇÃO NA CAMPANHA DE REGISTO CIVIL NO UÍGE

A delegada da Justiça no Uíge, Mankenda Verónica Lima, pediu, nesta sexta-feira, maior colaboração da sociedade na campanha de massificação de registo e atribuição de Bilhete de Identidade (BI), que prossegue na região.

Em declarações à ANGOP, a responsável pediu a colaboração das igrejas, administrações municipais, autoridades tradicionais e dos encarregados de educação neste processo.

Segundo Mankenda Verónica Lima, uma das formas de colaboração pode ser acompanhar as crianças aos postos de registo civil e não permitir que os menores se apresentem a esses locais sem um adulto.

No quadro da campanha, a delegada provincial da Justiça adiantou 67 mil 488 pessoas, maioritariamente crianças dos zero aos seis anos de idade, adquiriram o registo civil.

Trata-se de dados referentes ao primeiro semestre do ano em curso, na província do Uíge. A cifra representa um aumento de 32 mil e 510 pessoas, em relação ao mesmo período do ano de 2020.

Indicou que nos primeiros seis meses, deste ano, foram atribuídos, na região, 73 mil e 668 BI, contra os 23 mil e 903 no período homólogo de 2020.

Mankenda Verónica Lima referiu que o aumento é consequência da expansão dos trabalhos dos brigadistas nas  aldeias e comunas distantes das sedes municiapais.

A responsável explicou que a distribuição dos brigadistas varia entre 12 e 25 pessoas por município, sendo repartidos em grupo de quatro pessoas.

Mankenda Verónica Lima explicou que os municípios do Uíge e Negage lideram a lista do registo civil. Em relação à emissão e atribuição de Bilhete de Identidade, os municípios da  Damba, Uíge, Mucaba e Congola lideram lideram a estatística.

Referiu que a campanha decorre a bom  ritmo e que o desafio  é registar, até 2022, mais de 66 mil pessoas e emitir 44 mil Bilhetes de Identidade.

Apesar do avanço, a falta de transporte para apoiar os brigadistas  para atingirem as aldeias e comunas, ainda dificulta o trabalho, frisou.

Fonte: Angop