Curiosidades
28 Junho de 2021 | 11h49

Após ataque, dona de Chimpanzé liga para a polícia e manda abatê-lo

Dona alertou a polícia de que era necessário matar o animal.

Um polícia do Oregan viu-se obrigado a abater um chimpanzé, depois de este ter atacado a filha da sua própria dona. O animal foi abatido a pedido desta última.

Segundo a NBC News, o animal vivia com a família há já 17 anos. No domingo, terá saído da sua gaiola  e atacou uma mulher de 50 anos.

A dona, Tamara Brogoitti, de 68 anos, e a filha viram-se obrigadas a esconderem-se na cave da casa, para fugir do animal que tinha entre 90 e 110 quilogramas.

Terá sido a própria dona do animal a ligar para a polícia e a informar que teriam de abatê-lo "Se não estivesse aqui presa com ela, eu própria iria buscar a minha arma e matava-o", terá dito a mulher, que temia pela vida de ambas.

A polícia respondeu ao pedido e o chimpanzé acabou abatido com um tiro na cabeça.

A filha da dona do animal foi levada para o Hospital Santo António, em Pendleton, e tratada a várias ferimentos no torso, braços e pernas.

Um advogado da People for the Ethical Treatment of Animals disse que Brogoitti "há muito tempo privava o animal da companhia de outros chimpanzés", atribuindo-lhe culpa no sucedido.