Sociedade
23 Fevereiro de 2021 | 07h50

Pescador desaparecido foi encontrado morto

Um dos cinco pescadores do naufrágio da embarcação de fabrico artesanal, ocorrido na zona marítima de Mandarim, município de Cacongo, foi encontrado morto, na semana finda, nas praias da vila de Lândana, em Cabinda.

O desaparecimento da embarcação ocorreu no passado dia 4, com cinco pescadores.
O chefe do Departamento de Segurança e Fiscalização Marítima da Capitania do Porto de Cabinda, Fernando Massiala, disse, no final de semana, à Angop, que dos quatro sobreviventes dois foram arrastados pelas águas até as praias da cidade congolesa de Ponta-Negra (República do Congo) e socorridos pelas autoridades locais e os outros conseguiram salvar-se na costa das praias de Mandarin.

Em relação aos pescadores desaparecidos no dia 27 de Janeiro do ano em curso, devido à avaria no motor da embarcação do mesmo tipo, no mar entre a vila do Soyo e Cabinda, Fernando Massiala admitiu estarem encerrados  os mecanismos espoletados para busca, resgate e salvamento. Afirmou que, pela experiência, os pescadores e a embarcação já não se encontram no mar de Cabinda.
Fernando Massiala referiu que aguardam por eventual comunicação das autoridades marítimas congolesas e gabonesas, que, a pedido do consulado angolano em Ponta-Negra (RC), emitiu um auto de notícias de apoio, para seguimento nas operações de busca e resgate.

Fonte: JA