Internacional
04 Maio de 2021 | 10h20

Companhia aérea Ethiopian suspende operação doméstica em Moçambique

A companhia aérea Ethiopian vai suspender a sua operação em Moçambique a partir de quinta-feira, anunciou em comunicado, justificando-se com as condições de mercado, devido à pandemia de covid-19.

"Apesar dos desafios, a Ethiopian Mozambique Airlines manteve-se resiliente, operacional até que os efeitos económicos da pandemia se tornaram tão severos que impossibilitam a continuidade devido à queda drástica da procura por viagens no mercado doméstico", anunciou.

Ficam suspensos os voos domésticos que desde 2018 ligavam várias capitais provinciais do país, nas quais a Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) volta a ser a única operadora. 

A empresa diz que continuará atenta ao mercado e a melhorias que permitam regressar à atividade.

Moçambique tem um total acumulado de 815 óbitos e 70.000 casos de covid-19, dos quais 38 internados e 96% recuperados.

Fonte: NM