Política
05 Agosto de 2022 | 08h58

Angola na missão africana de observação eleitoral no Kenya

Angola integra a missão de observação eleitoral conjunta de curto prazo da União Africana (UA) e do Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA) para acompanhar as eleições gerais no Kenya, previstas para 9 do mês em curso.

Angola integra a missão com o representante junto da União Africana (UA), Francisco José da Cruz, e o director do Centro de Estudos Jurídicos, Económicos e Sociais da Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto, José Octávio Serra Van-Dúnem.

Os dois angolanos participam desde esta quinta-feira, em Nairóbi, a capital queniana, em reuniões de preparação sobre os objectivos e o Código de Conduta da Missão Africana de Observação.

Durante três dias, os observadores abordarão também os termos de referência para eleições credíveis, o contexto político e histórico e as perspectivas da sociedade civil, assim como a participação das mulheres, jovens e grupos marginalizados no actual processo eleitoral no Kenya.

As eleições gerais naquele país da África Oriental, a decorrerem a 9 deste mês, devem contar com a presença de mais de 700 observadores da UA e de outras organizações regionais e internacionais.